• 17
  • JUL
  • 17

Fibras, pra quê?

O consumo adequado de fibras na alimentação é importante para manter melhor a saúde e prevenir algumas doenças, como câncer de cólon por exemplo.

Os alimentos mais ricos em fibras são principalmente os de origem vegetal, como frutas, verduras, legumes e cereais integrais, feijão, grão de bico e outros.

As fibras são responsáveis por combater a prisão de ventre acelerando o transito intestinal; Ajudam a emagrecer aumentando a sensação de saciedade; controlam diabetes diminuindo os níveis de açúcar no sangue; baixam o colesterol reduzindo a absorção de gordura pelo intestino; mantém a flora intestinal preservada, já que servem de alimento para as bactérias benéficas que estão naturalmente presentes no intestino.

As fibras alimentares podem ser:

SOLÚVEIS – se misturam com água e formam géis que aumentam a viscosidade pelo estomago, o que proporciona uma sensação de saciedade maior. Servem de substratos para as bactérias do intestino diminuindo o tempo de transito intestinal, fermentação e proliferação dessas bactérias benéficas. O gel formado, por essas fibras diminuem a velocidade com que o açúcar vai entrar na corrente sanguínea evitando o risco de picos de glicemia.

Alimentos ricos em fibras solúveis: Aveia, soja, lentilha, mandioca, beterraba, ervilha, cenoura, maçã, frutas cítricas.

INSOLÚVEIS – essas não interagem com a água, passando intactas pelo intestino. Aumentam o bolo fecal ajudando no funcionamento do trato intestinal. Retém substâncias tóxicas ingeridas ou produzidas no trato intestinal durante o processo digestivo. Reduzem o tempo de transito intestinal o por consequência o tempo de contato com a superfície intestinal com substancias mutagênica e carcinogênica, prevenindo o câncer de cólon.

Alimentos ricos em fibras insolúveis: Farelo de trigo, pão integral, cascas de frutas, cereais inteiros, feijão, milho, verduras folhosas, abóbora.

 

 

 

Ver Todos